home > Tutoriais
Tutorial
Foto vintage Imprimir E-mail
Escrito por Thiago Justo   
Sex, 05 de Novembro de 2010

Técnicas para res­tau­ra­ção de fotos antigas são mui­tas. Mas e se você quiser fazer exatamente o contrário, ou seja, conseguir reproduzir o aspecto de fotografia antiga em fotos ­atuais? Esse é o tema deste tu­to­rial.

 
Vetores com textura de imagens Imprimir E-mail
Escrito por Thiago Cesar Teixeira Justo   
Sáb, 21 de Agosto de 2010

Transforme imagens em bitmaps em texturas para vetores.


Muitas vezes as cores chapadas dos vetores ou os efeitos de gradiente e mesh do Illustrator não são suficientes para criar determinados tipos de efeitos nas ilustrações, principalmente quando pensamos em texturas que, ao serem criadas, podem resultar em vetores com uma quantidade imensa de nós, aumentando consideravelmente o tamanho do arquivo e inviabilizando o seu uso. Um recurso muito interessante e que pode resultar em ótimas texturas é aplicar texturas de imagens bitmap diretamente sobre os vetores.
Requisitos: Adobe Illustrator e Adobe Photoshop.

Em um novo documento do Illustrator (Ctrl+N), crie seu desenho. Neste exemplo, desenhei uma peça de xadrez usando apenas formas geométricas. Para construí-​la utilizei as ferramentas de desenhar elipses e retângulos.

Para os 1/2 círculos e 1/4 de círculos, utilizei a ferramenta Pathfinder, principalmente o botão Subtract .

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Depois de terminar a ilustração, escolha as cores e depois crie um novo layer.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora, copie (Ctrl+C) o desenho e cole nesta nova camada para que a cópia caia exatamente no mesmo lugar; selecione na janela de layer e desabilite a visualização do layer original clicando no ícone com desenho de olho e use o comando (Ctrl+F).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Desse modo, os desenhos das duas camadas estarão no mesmo lugar. É nesse novo layer que iremos aplicar a textura nos vetores.
Para dar textura aos meus vetores, escolhi duas imagens diferentes. Abra as imagens no Adobe Photoshop. Para aplicar a imagem sobre o vetor sem que haja muita alteração de cor, é necessário alterar as imagens para tons de cinza. Para isso, utilize o menu Image > Mode > Grayscale.

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora, ajuste o brilho e o contraste no menu ImageAdjustments > Brightness/Contrast.

 

 

 

 

 

 

 

Repita a mesma operação com a outra imagem. Salve as imagens e volte para o Illustrator.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na nova camada, importe uma imagem — File > Place. Agora, basta posicionar a imagem abaixo do desenho (Object > Arranje > SendToBack). Se necessário, redimensione e mova a imagem. Então, selecione as partes do desenho que receberão a textura dessa imagem e solde-​as, usando a ferramenta Pathfinder .
Selecione esse desenho e a imagem que está abaixo e faça uma máscara; para isso, utilize o comando de Clipping Mask, que também pode ser obtido pressionando o botão direito do mouse, aparecendo a opção Make Clipping Mask.

 

 

 

 

 

 

 

Abra a janela de transparência (Window > Transparency) com o desenho selecionado e diminua a opacidade até obter o efeito desejado. Eu utilizei o valor de 25% de opacidade. Repita o processo no restante do desenho, usando outras imagens para obter texturas diferentes. Agora seu vetor está bem mais texturizado! Teste esse efeito utilizando imagens coloridas e variando os modos de Blend, por exemplo, usando o Multiply.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dica: Lembre-​se que agora seu vetor recebeu uma imagem e, portanto, a ampliação do seu tamanho vai acarretar a diminuição da resolução da imagem. Para garantir uma boa impressão desse vetor, verifique a resolução das imagens no Photoshop, no menu Image > Image Size. Deixando a resolução no valor máximo exigido pela impressora, a imagem importada para o Illustrator vem sempre com seu tamanho máximo. Assim, é possível apenas diminuir seu tamanho, nunca ampliá-​lo.


Thiago Cesar Teixeira Justo é professor de pré-impressão na Escola Senai Theobaldo De Nigris

Texto publicado na edição nº 73

 
O uso do filtro de distorção do Photoshop Imprimir E-mail
Escrito por Thiago Cesar Teixeira Justo   
Sex, 18 de Junho de 2010

Displace facilita a vida de quem precisa simular imagens em superfícies irregulares.


Imagine a seguinte situação: você precisa simular a estampa de uma ilustração em uma imagem de camiseta ou ainda simular a aplicação de uma ilustração vetorial em uma superfície não regular, como num tecido ou uma parede. Apenas colar a ilustração na imagem e alterar o blend ou a opacidade não é suficiente para obter uma simulação realista. Para essa tarefa o Photoshop possui uma ferramenta muito eficiente, o filtro de distorção Displace.
Requisitos: Adobe Photoshop CS3 ou superior.
O primeiro passo é criar alguma ilustração, textura ou pattern no Illustrator. Com o Illustrator ainda aberto, abra a imagem em que a ilustração será aplicada no Photoshop. Neste caso eu criei uma textura de listras coloridas no Illustrator e vou aplicá-​la em uma imagem de tecido. O objetivo é transformar um tecido liso em listrado, mantendo as dobras e o volume do material.
Depois de abrir a imagem no Photoshop, volte para o Illustrator e copie (Ctrl + C) a ilustração. Retorne ao Photoshop e cole (Ctrl + V) a ilustração sobre a imagem. Quando você copia e cola um arquivo de Illustrator para o Photoshop, ele continua entendendo o arquivo vetorial e habilita várias opções de como colar este arquivo.


Na janela de diálogo Paste, escolha a opção Smart Object. Assim, o Photoshop mantém a ilustração como vetor e você poderá diminuir ou aumentar seu tamanho de acordo com a imagem de fundo, sem a necessidade de se preocupar com a resolução, pois o objeto só é rasterizado depois de definido seu tamanho e pressionada a tecla Enter no teclado. Observe como fica a janela de camadas (layers).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Depois de ajustado o tamanho da ilustração com o tamanho da imagem, pressione Enter. Agora você terá uma nova camada no seu documento com a imagem do vetor criada no Illustrator. Precisaremos inverter as posições das camadas. A camada inferior, por padrão no Photoshop, vem nomeada como background e fica bloqueada. Observe o cadeado presente na janela dessa camada. Para poder alterar a posição, basta clicar duas vezes sobre ela e uma janela irá se abrir. Nela você poderá alterar o nome da camada.

 

 

 

 

 

 

 

 

Após ter alterado a condição dessa camada de background para layer, você conseguirá modificar sua ordem de exibição. O cadeado não estará mais presente na camada, indicando sua nova condição de layer .

 


Invertida a ordem das camadas, a imagem do vetor feito no Illustrator deve estar na camada de baixo. Vamos, então, começar a simular a aplicação do vetor sobre a imagem.
Selecione a camada do tecido na janela de layers e mude o blend de Normal para Hard Light. 
Podemos observar que a ilustração fica visível; entretanto, as cores da imagem do tecido e sua luminosidade afetam a camada das listras.


Para corrigir isso, vamos ajustar a saturação da imagem. Abra a janela de Hue/Saturation (Ctrl + U). Configure os valores de modo a tirar toda a saturação da imagem. Também é possível ajustar a luminosidade da imagem.


Em seguida, vamos aumentar o contraste da imagem, no menu Image > Adjustments > Brightness/Contrast.


Com apenas esses ajustes, a simulação ainda não convence. As linhas das listras não seguem as dobras do tecido, o que faz com que a imagem fique chapada e sem volume. Portanto, é necessário aplicar o filtro Displace.


Para usar esse filtro é preciso abrir uma imagem que vai servir de mapa para o filtro aplicar a distorção nela. A que iremos usar é a mesma do layer do tecido. Para isso, vamos salvar o arquivo em que estamos trabalhando, retirar a camada da ilustração e salvar esse arquivo novamente com outro nome e na extensão PSD.


Primeiro, salve seu arquivo original. Depois, salve o mesmo arquivo com um novo nome, utilizando o comando Save as. Eu salvei com o nome de tecido_displace, na extensão PSD.
Esse é o arquivo que vamos usar para aplicar o filtro Displace na imagem original.
Para esse filtro, o mais importante nessa imagem é o contraste de tons presente nas dobras do tecido. Primeiro, deletei a camada da ilustração (12).
Após isso, apliquei o filtro Gaussian Blur para suavizar a textura do tecido.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O passo seguinte foi aumentar ainda mais o contraste e o brilho da imagem com o comando Brightness/Contrast. Salvei e fechei o arquivo.
Agora, com o arquivo original novamente aberto e com a camada da ilustração selecionada, vou aplicar o filtro Displace no menu Filter > Distort > Displace. Na janela de diálogo desse filtro temos a opção de ajustar o quanto queremos distorcer a imagem, no Horizontal e Vertical Scale.

 

 

 

 

Quanto maior o valor, maior será a distorção aplicada. Na opção displacement map, temos duas opções: ajustar o tamanho da imagem que será usada como mapa de distorção (stretch to fit), ou repetir esse mapa até completar a imagem, como um pattern (tile). Em undefined areas, podemos optar por repetir os píxeis da borda (repeat edge pixels) ou simular a continuação da imagem (wrap around). Eu utilizei valor 10 para horizontal e vertical scale, stretch to fit e wrap around, mas você pode testar diferentes valores e opções para ajustar melhor a imagem que estiver utilizando.
Depois de selecionar as opções do filtro, clique em OK. Uma nova janela irá se abrir, onde é escolhida a imagem que vai servir de mapa de distorção.


Procure a imagem que você tratou para servir de mapa de distorção e clique em abrir. Pronto, agora o filtro é aplicado na camada da ilustração. A ilustração vai seguir os volumes da imagem escolhida, distorcendo as bordas da ilustração para acompanhar a textura do tecido.
Observe como ficaram os layers do documento. O ajuste final, para dar maior realismo a esta simulação, consiste em diminuir a opacidade do layer tecido para 75%.


Lembre-​se: você pode usar esse filtro com todo tipo de imagem, não apenas para aquelas criadas no Illustrator, e fazer qualquer tipo de simulação, como a aplicação de uma tatuagem ou de um grafite.

Thiago Cesar Teixeira Justo é professor de pré-impressão na Escola Senai Theobaldo De Nigris

Texto publicado na edição nº 72

 
Como criar um novo brush no Illustrator Imprimir E-mail
Escrito por Thiago Cesar Teixeira Justo   
Seg, 03 de Maio de 2010

 
Tipografia, baseline e grid no InDesign Imprimir E-mail
Escrito por Thiago Cesar Teixeira Justo   
Seg, 01 de Fevereiro de 2010

Passos simples agilizam o alinhamento dos textos.

 
« InícioAnterior1234567PróximoFim »

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL