home > Tutoriais > Transforme sua foto em uma gravura
Transforme sua foto em uma gravura Imprimir E-mail
Escrito por Thiago Justo   
Ter, 21 de Outubro de 2014

 

Os filtros prontos que simulam gravura nos soft­wares gráficos não conseguem imitar tão bem o estilo de uma gravura autêntica, na qual as imagens são gravadas com pequenas linhas e as nuan­ças de sombra são obtidas com a va­ria­ção das espessuras das linhas gravadas. Neste tu­to­rial vou mostrar como ­criar um efeito de gravura bem semelhante a uma gravura real usando o Pho­to­shop e o Illustrator.
Para obter o efeito mais rea­lis­ta será preciso ­criar uma série de linhas curvas de diferentes espessuras, antes de aplicar esse efeito na fotografia que você pretende transformar em gravura. Essas linhas po­de­riam ser cons­truí­das no Pho­to­shop, mas o Illustrator torna essa etapa bem mais fácil e rápida.

Para começar, depois de escolher a fotografia que você pretende transformar em gravura, abra um novo arquivo no Illustrator, de tamanho um pouco maior que o da fotografia a ser trabalhada. Trace então uma linha em zigue-​­zague, sem preen­chi­men­to e com contorno de 0,5 pt, na cor preta. Para transformar as linhas em ondas sua­ves aplique o efeito zigue-​­zague no menu EffectDistort & TransformZig Zag (1 e 2).
1 2

Eu digitei o valor de cerca de dois milímetros na opção Tamanho (Size) e um na opção Ridges per segment. Se­le­cio­ne a opção ­Smooth (Sua­vi­zar) para ­criar a linha ondulada. Lembre-​­se que essas configurações dependem muito do tamanho da imagem e do tipo da linha que você pretende ­criar (3).

3

Faça uma cópia dessa linha, arrastando-​­a, com os botões ALT e Shift pres­sio­na­dos, para a borda in­fe­rior da página. Com as duas linhas se­le­cio­na­das, uma no topo e outra na base da página, aplique o efeito de mistura no menu ObjectBlendMake. Volte ao menu ObjectBlendBlend Op­tions para ajustar o efeito. Eu configurei o Spe­ci­fied Steps para ele ­criar uma série de 220 linhas paralelas alinhadas. Transforme as linhas em vetores editáveis se­le­cio­nan­do a opção ObjectExpand Ap­pea­ran­ce e depois ObjectExpand . . . para poder trabalhar cada uma das linhas in­di­vi­dual­men­te (4, 5 e 6).

4 5

6

Faça uma cópia desse conjunto de linhas (Ctrl + C) e cole dentro do arquivo de imagem aberto no Pho­to­shop (Ctrl + V). Quan­do for colar, escolha a opção de colar as linhas como Pixels. Ajuste o tamanho da cópia, se for preciso, para ficar alinhada no centro da imagem (7 e 8).

7

8
Volte para o Illustrator e altere a espessura do contorno das linhas para 1pt. Faça uma cópia e cole em uma nova camada do documento do Pho­to­shop. Repita esse processo de aumentar a espessura e colar no Pho­to­shop pelo menos cinco vezes, va­rian­do a espessura da linha em 0,5pt, 1pt, 1,5pt, 2pt e 3pt. Quan­to mais camadas com diferentes espessuras de linhas você fizer, mais rea­lis­ta vai ficar a simulação de gravura. Essas camadas devem estar alinhadas para que a transição entre linhas finas e mais espessas seja o mais sutil possível (9).

9

Renomeie cada camada de linhas de acordo com o grau de sombra que ela causará na imagem. Para o efeito ficar mais rea­lís­ti­co é interessante mudar a angulação das linhas para 45° em uma camada e 90° para outra. Faça isso usando o atalho de 
Transformação Livre (Ctrl + T) (10).

10

Duplique a camada da imagem cinco vezes (Ctrl + J), uma para cada camada de linhas. Eu escolhi uma fotografia que tirei do busto de São Paulo, 
exposto na Pinacoteca do Estado (11).

11

Agora escolha a primeira cópia e aplique o ajuste de li­miar em ImageAdjustmentsThreshold. Para essa primeira camada aplique o valor 70. Repita o processo com as demais camadas, mudando o valor de Threshold para 90, 110, 130 e 150 (12 e 13).

12

13

Volte à primeira camada que aplicou o Threshold e faça uma seleção por cor usando o menu SelectColor Range. Altere a opção de seleção para Shadows (sombras) e clique em OK. Desse modo somente as ­­áreas escuras da imagem serão se­le­cio­na­das. Ainda com essa seleção ativa, se­le­cio­ne a camada com as linhas mais espessas, neste exemplo o nome da camada é “linhas sombras 2”. Clique no ícone Add Layer Mask na parte in­fe­rior da paleta Layers. Isso irá aplicar uma máscara sobre essa camada com a mesma seleção feita pre­via­men­te. Essa máscara apaga as linhas que estiverem sob as partes sem seleção, que correspondem às ­­áreas mais claras da imagem (14, 15, 16 e 17).

14

15

16

17


Antes e depois. À direita, o resultado final, construído a partir da foto de uma figura

Repita esse processo de seleção com Color Range e aplicação da Layer Mask em cada uma das demais camadas de linhas. Para conferir o resultado final, tire a vi­sua­li­za­ção das demais camadas ou apague-​­as, deixando visíveis somente as camadas com as linhas. Se preferir, é possível trocar a cor das linhas com uma camada de ajuste, mas isso é assunto para outro tu­to­rial. Compare a imagem inicial (18) e a final, que está na primeira página deste artigo.

Thiago Justo é instrutor de pré‑impressão 
da Escola Senai Theobaldo De Nigris.

Artigo publicado na edição nº 90