home > Produção Gráfica > O que é um produto 
de qualidade? – Parte 2
twitter
Banner Facebook

Parceiros

O que é um produto 
de qualidade? – Parte 2 Imprimir E-mail
Seg, 12 de Agosto de 2013

Na edição passada publicamos a primeira parte do Ma­nual de Ava­lia­ção Técnica de Não Conformidade em Impressão Offset. Desenvolvido pela Comissão de Estudo de Processos em Impressão Offset do ABNT/ONS‑27, ele tem a função de apontar possíveis defeitos que comprometam o impresso e classificá-​­los de acordo com os níveis de qualidade dos produtos previstos nesta cartilha, procurando auxiliar clien­tes e fornecedores na ava­lia­ção de não-​­conformidade de materiais impressos em sistema offset.
Vamos à segunda e última parte da publicação.

 

SUJIDADES
Sujidade pode ser definida como qualquer marca que não faça parte da arte, por exemplo: marcas provocadas por atrito mecânico, respingos de tinta ou outras substâncias, manchas por manuseio, velaturas, efeitos fantasmas, entre outros.
Método de Avaliação
Avaliação visual.

Tolerâncias

Fique por dentro
Os problemas causados pelas sujidades na impressão podem ir muito além do que se imagina. Existem diversas leis nacionais que obrigam a apresentação de determinadas informações nas embalagens de produtos comercializados.
O Artigo 31 do Código de Defesa do Consumidor, por exemplo, estabelece que as informações sobre um produto ou serviço (suas características, qualidades, quantidade, composição, preço, garantia, prazos de validade, origem etc.) não podem induzir o consumidor a erro ou engano, devendo ser corretas, claras, precisas, ostensivas e em língua portuguesa.
Já a Lei n–º 10.674, de 16 de maio de 2003, exige que o rótulo de produtos alimentícios comercializados contenha declaração sobre a presença de glúten, como medida preventiva e de controle da doença celíaca.
Estes dois únicos parágrafos passam a ideia do grau da acuidade que deve ter a impressão de produtos que carregam informações legais. Imagina-​­se o tamanho do transtorno que uma pequena mancha sobre qualquer uma dessas informaçõpes pode gerar.

FALHAS NO TEXTO
É qualquer imperfeição em relação aos traços do texto original.



Método de avaliação

Avaliação visual

Tolerâncias:



DOBRAS OU ALINHAMENTO 
DE ESQUADROS
É a distância entre a localização da dobra do impresso e as marcas de referência para este fim.
Método de avaliação
Avaliação visual com o auxílio de conta-​­fios com escala graduada em décimos de milímetros (0,1 mm).
Procedimento
Medir a distância entre a localização da dobra e a marca de referência.

Tolerâncias


MARGEAÇÃO
É o alinhamento frontal e lateral da folha, garantindo que a impressão entre folhas, ao ser cortada/montada, fique alinhada.
Método de avaliação
Avaliação visual em uma sequência de folhas.

Tolerâncias

FORA DE FORMATO
Fora de formato é qualquer desvio na medida especificada, seja no sentido horizontal, lombada-​­​­frente (LF) ou no vertical pé-​­cabeça (PC).

CHANFRO
Chanfro é qualquer variação no comprimento ou largura da folha da banda, no caso de termos um “sheeter” ou “refiladeiras” na saída da impressora.

FORA DE ESQUADRO
Fora de esquadro é definido como desvio angular de um produto refilado ou dobrado.


Método de avaliação
Avaliação visual com o auxílio de escala graduada em milímetros.

Procedimentos
1. Fora de formato:
Determinar o maior desvio entre a especificação e as medidas encontradas nos sentidos horizontal e vertical. Este desvio será utilizado para que se 
classifique o defeito.
2. Chanfro:
Determinar o maior desvio no comprimento ou largura entre duas páginas/capas de um mesmo produto. Classificar o defeito pela maior diferença.
3. Fora de esquadro:
a) Traçar uma linha paralela ao produto.
b) Medir a distância entre a linha traçada e a frente do produto, como mostra a figura “A”, e denominar medida “D1”
c) Afastado da medida anterior em 125 mm, efetuar novamente a leitura e denominar medida “D2”.
d) Traçar uma linha paralela à cabeça do produto.
e) Medir a distância entre a linha traçada e a frente do produto, como mostra a figura “B” e denominar medida “D3”.
f) Afastado da medida anterior em 125 mm, efetuar novamente a leitura e denominar medida “D4”.
g) Classificar o defeito pela maior diferença encontrada entre (D1–D2); (D3–D4).

Tolerâncias



As tolerâncias são válidas para o formato, chanfro e fora de esquadro, independentemente do número de páginas

GLOSSÁRIO
Atributos de qualidade: são aqueles que têm a propriedade de afetar a qualidade de um produto impresso quando fogem da especificação. Exemplo: registro, formato, carga de tinta, outros.
Prova de contrato: prova que tem a capacidade de mostrar todas as possibilidades cromáticas do processo final da impressão, conforme normas ISO 12647. As provas precisam ser calibradas e caracterizadas conforme norma ISO 12647‑7 em vigor. Nos casos em que não forem fornecidas provas, a gráfica manterá as especificações para o processo conforme norma ISO 12647 do processo de destino 
com suas tolerâncias.
Condição de Visualização Padrão: padrão de 
visualização nas condições definidas pela norma 
ISO 3664:2000.
Folha padrão: folha impressa, aprovada pelo cliente ou responsável da gráfica, cujo resultado se iguala à prova de pré-​­impressão e, por isso, é usada como referência para o resto da tiragem (Graphos).

Grupo Elaborador do 
Manual de Avaliação Técnica 
de Não Conformidade 
em Impressão Offset
Coordenador: Amauri Costa, Editora Abril 
– Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Secretária: Maíra da Costa Pedrom, ABTG – Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Membros: Alan Wigmir, Log & Print – Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ;
Antonio G.C. Menezes, Day Brasil 
– Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ;
Antonio Guedes, Editora Abril 
– Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ;
Antonio Paulo Rodrigues Fernandez, Senai – Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ;
Aparecido D. de Oliveira, IGB – Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ;
Cleber de Souza Mello, Suzano 
– Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ;
Gisele Ambrósio dos Santos, ABTG 
– Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ;
José Luiz Solsona da Silva, Senai 
– Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ;
Marcelo Sartori, Senai 
– Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ;
Maria Ligia L. Domene, Innovapack 
– Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ;
Marta Vaz Paschoal, Colorprint 
– marta@graficacolorprint.
com.br;
Silvio Nicola Silva, Senai 
– Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Artigo publicado na edição nº 86