home > Impressão > Bandbook, a tecnologia por trás do clique
twitter
Banner Facebook

Parceiros

Bandbook, a tecnologia por trás do clique Imprimir E-mail
Escrito por Sergio Azman   
Seg, 23 de Novembro de 2009

Integração de softwares permite impressão de livros sob demanda via Internet.

Em 2008, segundo a Publishers ­Weekly, revista americana especializada no segmento edi­to­rial, a produção de novos títulos sob demanda superou a con­ven­cio­nal em offset. A impressão sob demanda teve um crescimento de 132%, contra queda de 3% no processo con­ven­cio­nal. De 2002 a 2007, o crescimento da impressão sob demanda nos Estados Unidos teve um salto de 774%, contra 126% em offset.

Apesar desses dados corresponderem à impressão de livros no mercado americano, indicam uma tendência que deve se estender a ou­tros paí­ses, in­cluin­do o Brasil. E para estar à frente dessa nova demanda e oferecer um produto de qualidade, com con­ve­niên­cia e agilidade, a Ban­dei­ran­tes, gráfica de grande porte localizada na Grande São Pau­lo, ­criou um serviço na plataforma web integrando co­mer­cia­li­za­ção e impressão sob demanda de livros, além da entrega da obra ao clien­te.

Lançado no dia 5 de ou­tu­bro, o Band­book é um serviço pio­nei­ro no País, transferindo à gráfica a gestão do produto, desde a co­mer­cia­li­za­ção e impressão até a entrega ao lei­tor. Assim, a editora pode concentrar seus esforços exclusivamente na seleção e produção de con­teú­do. O objetivo da Ban­dei­ran­tes com o portal é ­atuar com a impressão sob demanda, de um a mil exemplares, de obras esgotadas, fora de circulação, de bai­xa tiragem, emer­gen­ciais e ex­pe­ri­men­tais, que são in­viá­veis economicamente para as editoras se forem impressas em offset e co­mer­cia­li­za­das pelos ca­nais de venda tra­di­cio­nais. “Nosso clien­te é a editora. É ela que fornece seus títulos para colocarmos no site. Esse site é mais uma ferramenta de ne­gó­cios que a Ban­dei­ran­tes disponibiliza”, afirma Clineu A. Stefani Jú­nior, diretor co­mer­cial da Ban­dei­ran­tes.

Como funciona?
O portal www.band­book.com.br disponibiliza títulos de editoras-​clientes da empresa, via­bi­li­zan­do a compra do livro por meio de pedido eletrônico. A ordem de compra, mesmo que seja de um único exemplar de uma obra já esgotada, por exemplo, será entregue em cinco dias no endereço desejado. O par­cei­ro logístico são os Cor­reios e os produtos são en­via­dos através do e-​Sedex, serviço exclusivamente voltado para empresas do segmento de comércio eletrônico.

Apesar da co­mer­cia­li­za­ção de títulos com tiragem esgotada ser um dos grandes atrativos do portal, o Band­book não co­mer­cia­li­za apenas livros que estão fora das pra­te­lei­ras das li­vra­rias. São dois casos: o do livro esgotado e produzido sob demanda, e os livros não esgotados, que a editora tem em estoque. “Por ser um canal de co­mer­cia­li­za­ção adi­cio­nal para as editoras, colocamos à venda também títulos não esgotados, livros que a editora possui em seu catálogo e gostaria de co­mer­cia­li­zar através do nosso site”, explica Clineu Stefani.

Segundo ele, a grande preo­cu­pa­ção das editoras hoje em dia é acabar com os estoques, um encalhe que chega a ficar dois, três anos com a empresa. “Quan­do nossos clien­tes têm esse estoque adi­cio­nal, podemos consumir parte desses livros. Nesse caso, o Band­book não vai produzir o livro, apenas efe­tuar a venda. E quando esse livro acabar no estoque, ele já entra no sistema de impressão sob demanda.” Os custos atrelados ao armazenamento e dis­tri­bui­ção dos livros dei­xam de existir para as editoras — no caso da dis­tri­bui­ção con­ven­cio­nal, uma editora tem um custo de 50% do valor de capa do livro nesta operação; no ­BandBook, esse índice cai para 35%, em média.

Com o Band­book, é possível imprimir ori­gi­nais que não se­riam impressos pelo método con­ven­cio­nal, mui­tas vezes por atender a um público mui­to específico. É o caso das editoras uni­ver­si­tá­rias, por exemplo, que recebem centenas de ori­gi­nais de obras acadêmicas para edição, dos ­quais grande parte não é publicada devido aos custos do processo con­ven­cio­nal. A impressão sob demanda faz com que essas obras se tornem aces­sí­veis ao público.

A tecnologia por trás do clique
Com um investimento de mais de R$ 3 mi­lhões, o projeto utiliza alguns módulos de soft­ware que estão no mercado, além de aplicativos pró­prios, desenvolvidos pela Ban­dei­ran­tes. “O Band­book envolve soft­ware de gestão, o ERP, sistema de comércio eletrônico e um sistema digital de gestão de arquivos, DAM, ou Digital Asset Management, para fazer o ge­ren­cia­men­to dos dados. Afora isso, um programa de workflow gerencia desde a chegada do arquivo eletrônico até a máquina que fará a impressão. Tem toda uma tecnologia de soft­ware e hard­ware por trás de um simples clique”, ressalta Clineu Stefani. Ele explica que quando a editora está disponibilizando um novo livro para ser vendido pelo site é preciso verificar se o arquivo está em ordem. Essa checagem é fei­ta pelo soft­ware de pré-​impressão. “O programa faz toda a parte de tratamento do arquivo eletrônico quando ele chega na gráfica, verificando se o arquivo tem overprint (sobreposições), se existe algum problema de fonte ou coi­sas desse tipo”.

Liberado o arquivo, ele segue para um repositório de dados eletrônicos, o DAM. “O DAM armazena os arquivos eletrônicos dos livros e fica de prontidão para receber qualquer pedido do clien­te final. Quan­do o clien­te entra no site para buscar um livro, o arquivo dessa obra já está no repositório. Ao se­le­cio­nar um livro, o DAM disponibiliza esse arquivo através do soft­ware de workflow, que interliga todas as máquinas com o sistema de ERP, e manda esse arquivo para a máquina de impressão digital. Se é um livro com capa colorida e mio­lo preto-​e-branco, a capa é impressa em uma máquina, o mio­lo em ou­tra.”

Antes de fechar o processo, o operador entra no site e coloca o número do e-​Sedex que vai acompanhar aquele produto. “Assim, quando quiser fazer um ras­trea­men­to de onde está o produto, é só entrar com o número daquele e-​Sedex. Fechado o pedido, o sistema envia um e-​mail para o clien­te avisando que a encomenda foi en­via­da.”

Os dados fornecidos pelo clien­te ao entrar e se cadastrar no Band­book são, então, in­cluí­dos na nota fiscal. Com as informações do clien­te, é en­via­da a nota fiscal eletrônica para impressão, anexada a uma cai­xa com o livro e os dados de entrega, que ficam expostos. O produto será entregue em até cinco dias no endereço desejado.

Para a impressão dos livros sob demanda, a Ban­dei­ran­tes está utilizando impressoras HP Indigo, Canon e Océ. A gráfica planeja para 2010 a am­plia­ção da capacidade produtiva em digital.

 

Texto publicado na edição 69